sábado, 11 de setembro de 2010

O que faz a galera pensar mal do Brasil?

Em entrevista para Marília Gabriela, Junior (Sandy Junior) diz que sente vergonha do tempo que "cantava com a irmã"(isso ele não disse exatamente, mas como é o que ele fazia de mais vergonhoso talvez seja muito difícil confessar), porém disse que se envergonha principalmente do tempo em que fazia o seriado na Globo. Poxa agora que ele vem sentir vergonha?
Mulher melancia não é mais Mulher Melancia, você deve estar se perguntando nesse momento se foi a bunda dela que estourou, caiu ou coisa do tipo, ou se ela como todo artista frustrado se converteu e agora vai seguir carreira gospel.
Não! ela simplesmente foi proibida pelo seu ex-produtor de usar o nome Mulher Melancia por que é de sua propriedade, se alguém se importa com isso, saiba que a “carreira da mulher qualquer coisa" vai continuar. Como eu não sei, na verdade eu pensei que essa melancia já tivesse apodrecido a tempos mas não, ela vai continuar. Fazendo o que mesmo? Que carreira? Ficar pelada na Playboy? Sei lá...
Vejam o quanto o nome é importante, o filho do Xororó só tinha "carreira" e/ou fama quando atendia por Sandy Junior, hoje tem vergonha por que mesmo pagando o mico que pagou até 2009 ninguém mais, com exceção do Faustão, se importa com ele. Alguém conhece a Nove mil anjos? Não, né?! E Andressa Soares quem conhece?
Hoje são 11 de setembro (ou não, dependendo de quando você está lendo isso aqui), e eu não anunciei a queda de nenhum par de torres importantes, nem muito menos de nenhum artista talentoso, até por que infelizmente no Brasil talento é algo que dificilmente é reconhecido. Eu amo o meu país, mas reconheço que me irrita o fato de às vezes uma parcela do povo não saber fazer suas escolhas, leva-se pra casa uma música de péssima qualidade, programas que se preocupam em criar sinônimos de quadros de outras emissoras ou novelas que te faz perder horas e horas.
Eu não usaria essas palavras, mas não condeno o anônimo que escreveu isso em um dos comentários aqui do blog (Ver postagem e comentários):
DETALHE: Ele é brasileiro, portanto está fazendo sua autodescrição, já que generalizou.
Anônimo disse...
O povo brasileiro é egoísta, superficial, afetado e ignorante. (notem que não interessa aqui o que os outros povos são ou deixam de ser, só falarei sobre o brasileiro):                   
EGOÍSTA porque não tem noção de servir à comunidade. Se houver uma catástrofe numa cidade, é cada um por si, mas se for numa cidade vizinha, lá vai um monte de gente ajudar porque saiu no Orkut ou na TV que é chique ajudar. É solícito com um estrangeiro porque viu na TV que o povo brasileiro costuma ser assim, mas se encontrar uma carteira na rua, pega o dinheiro e vai pro bar. Há raras exceções(Ele(a)?), mas a regra geral é: no dia-a-dia é cada um por si.                                                                                                             
 SUPERFICIAL porque ao invés de preocupar-se em compreender pelo menos um mínimo de coisas importantes como política, corrupção ou economia, se contenta com o assunto do momento e ajuda a disseminar coisas idiotas (quem sabe a origem do xingamento "idiota" sabe do que estou falando) do tipo "cala boca Galvão", "samba é a melhor coisa do mundo", "o Brasil é uma maravilha porque vai sediar uma Copa e uma Olimpíada no intervalo de 2 anos", etc.(Ele(a) não se preocupa com nada disso que julga importante, já que esse foi apenas um dos seus comentários e meu blog, como sabem, meu blog não trata de nenhum desses assuntos, e ele(a) voltou mais vezes para fazer seu comentário)                                         
 AFETADO porque tudo e qualquer coisa afetam seu brio. Só quem pode falar mal do Brasil é o brasileiro(ele(a)?), e ainda assim só se for sobre política. Isso vem da época em que o português rico chegava aqui falando mal de tudo para depois voltar mais rico para Portugal enquanto o português pobre (ou fugitivo) tinha que ficar por aqui mesmo, cheio de inveja tentando se convencer que o Brasil colônia era melhor que Portugal metrópole. (Não é por que os pobres que descobriram isso, como ele(a), não fazem nada para mudar. As grandes nações foram construídas,e pelo povo não por milagre divino, é possível construir um país melhor, quem não acredita vive para sempre frustrado, ou vai embora se sujeitar às ordens dos americanos)                                                                                                                
 IGNORANTE porque não faz a menor idéia de que é egoísta, superficial e afetado. Porque se fizesse alguma idéia, perceberia que só é patriota quando algum brasileiro ou time brasileiro ganha alguma disputa lá fora ou quando algum estrangeiro fala mal do Brasil (na hora de suar a camisa para combater a corrupção e desenvolver a nação, cadê os patriotas? Estão protestando para mudar o técnico do seu time ou enchendo a cara de cerveja). É preciso ter racionalidade, pois só através da racionalidade somos capazes de perceber sérios problemas de ordem emocional que nos impedem de nos tornarmos seres humanos melhores.

Ele falou de você? De mim não, pois como disse o grande filósofo das idéias copiadas, “Eu posso não mudar o mundo, mas to tentando”
E Você? É mais um frustrado de braços cruzados, resmungando sem fazer nada? O que você pensa sobre? Deixe seu comentário, faça sua defesa.

Enquanto isso no Ocioso...