Conheça o garoto

"Eu prefiro ser esta MeTaMoRfOsE ambulante, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo" 
Agora sou apenas um rapaz latino americano sem dinheiro no banco, sem parentes importantes e "do" interior. Vivo em um mundo que não é meu, eis a razão desse papo (o blog). Para tentar fugir do mundinho dos outros, eu tento aproximar o meu por meio do escrevo aqui...
O garoto sonha! E sonha mais alto que as cercas que o prendem a este interior alheio. Vive! E procurando por si nas "impossibilidades" dos sonhos que cultiva. O garoto tem medo! Mas estes são menores que a certeza do que julgam incerto. Acredita que a impossibilidade só existe até o momento em que se começa a lutar, e que  derrota e vitória também não existem até que os inimigos estejam no chão, que vitória não é motivo de glória, a luta é mais honrosa. HOJE é o primeiro e o último dia de vida, amanhã também.
"É" mais um monte de coisa, mas isso tudo pode mudar, então melhor não comprometer sua leitura...
De uma coisa estou certo, amanhã posso não ser o mesmo, posso não vestir o que visto hoje, falar ou não o que falo hoje, mas de todas as mudanças uma coisa não vai mudar, como não mudou até hoje: O amor que tenho por aqueles que posso chamar de amigo.
Leitura chata né?!?
É por que garoto quando não nasce bonito, para não ser chamado de feio resolve ser esquisito. Tudo isso faz parte da minha esquisitisse opcional.
Meu curriculo também não seria interressante partilhar com vocês, a menos que despertasse o interesse de algum empregador, então eu ia dizer que fui professor, que cursava português, (mesmo confessando não ser o que eu queria, por isso tanto erro de português nas minhas postagens PERDOEM), ia dizer que canto e até danço se precisar (não precisem por favor). Ia dizer que mesmo fazendo Português já fui professor de Matemática, Inglês, Química, Física e Biologia. Hoje faço Agronomia e estou curtindo...
Posso não ser a melhor pessoa do mundo, mas não sou a pior, posso não ser o melhor blogueiro do país, mais além de estar tentando, tenho certeza de que como blogueiro também não sou o pior. Acredito em Deus, e diferente de um monte de gente hoje em dia, não nego que vivo minha fé (mesmo vacilando MUITO) e nem nego que preciso de Deus, isso de modo algum me impede de ser o que sou, nem me impede de viver experiências incríveis, coisas que todo mundo precisa viver.
Eu sou e prefiro ser essa MeTaMoRfOsE ambulante. E se me perguntarem quem no Chaves eu seria, o Estrelando Celebridades do R7 responde por mim:



Enquanto isso no Ocioso...