Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2012

IURD: Religião é mesmo um grande negócio

Imagem
Que a prosperidade habita o quintal dos membros, principalmente pastores da IURD, disso ninguém tem dúvida. Lá é assim, você dá tudo que tem e deus (minúsculo mesmo, não foi erro de digitação) te dará em dobro tudinho que você o deu. Vai nascer dinheiro em árvore, carro vai cair do céu, esvazia o bolso e segura o seu, irmão, que a bênção vai ser derramada.  
Edir Macedo é mesmo um gênio, sabe fazer do negócio uma religião, e da religião um grande e próspero negócio, não é a Record que está a serviço da IURD ou a IURD a serviço da Rede Record, elas se completam. Se a concorrente da emissora lança um novo projeto, Valei-me São Jorge Guerreiro, o pastor corre para pregar algo do tipo: “Evangélico não assiste novela que exalta deus da umbanda, cristão assiste Rei Davi. O pastor aprendeu que o melhor produto do seu negócio é mesmo a Bíblia, então vamos lá, como na Universal já se vende de tudo (rosas brancas, óleos ungidos e sei lá mais o quê) vamos vender a palavra e vamos vender parcelado…

Brincar de fazer política é brincar de afundar na lama...

Imagem
A gente tem que tomar muito cuidado com o que fala em público. Digo isso por que muitas vezes nós armamos nossa própria forca, cavamos nossa própria cova nos comprometendo com coisas ou pessoas para as quais o comprometimento não é recíproco. As redes sociais é arena de “automutilação” (exista essa palavra ou não), onde a cada foto, postagem ou compartilhamento as pessoas “inteligentes”(só que não) constroem seus tetos de vidro esquecendo alguns valores fundamentais. Prova disso é o que fizeram do Facebook (Facebook de novo?) nestes três meses de campanha política. Em meio a pessoas sensatas que condenavam a propaganda eleitoral na rede, sempre havia um ou outro que bombardeava seus perfis de 12, 13, 14 ,15 ou 45. O ruim disso tudo, não é o fato de se falar de política, mas o que se fala de política. Tudo não passou de campanhas “partidárias”, onde o que realmente interessa é o número e não a proposta. Ninguém repensou seu voto no Facebook, não foi possível, as pessoas estavam ocupad…