domingo, 12 de junho de 2011

Para que serve uma mulher na Escolinha do Gugu?

Acho que ainda não havia dito que todo domingo eu vou à missa, pode até ser que seja um cara de fé. É... Eu tenho fé, mas o que eu não tenho mesmo é saco para aturar a briga horrorosa entre as emissoras para saber quem faz o programa mais ridículo do domingo.
Depois do programa de esporte da Globo toda a programação, de todo e qualquer canal de televisão, fica insuportável.
Abrindo um parêntese, fique claro que estou quase considerando a possibilidade de o Felipe Neto ter plagiado o extinto “Sem Noção” (programa que eu gravava para o blog). Não sei se assistiram, mas o quadro do Felipe no Globo Esporte, que até semana passada não tinha nome, se chama curiosamente #Sem Noção. Se quiser conhecer a minha (e primeira) versão fica a dica de não perder seu tempo, é muito ruim, a do Felipe é bom pelo menos.
Voltando ao que não vale nada no domingo, também não sei se já assistiram a “Escolinha do Gugu”, se não viram ainda eu entendo, o programa não é para qualquer estômago.
Bem, sabem para que serve uma mulher nesta escolinha? Para algumas coisas como ser gostosa e burra, se inteligente também é gostosa e safada ou ainda se feia é dona de casa. A intenção do quadro é fazer rir? Não dá, (As meninas se quiserem podem pular esta parte), mas pensa comigo: Que tipo de homem dá gargalhadas quando está excitado? Eu não. Se a graça da mocinha é ser burra, tudo bem, sejam os machistas que quiserem, mas por que a índia que acha o homem branco bonzinho e as loiras burras não usam um pouco mais de roupa? Qual a relação entre roupa e inteligência? Ou entre nudismo e piada engraçada? A “graça” é mulher mostrar que não tem nada na cabeça, mas o corpão “tá 100% e facinho, facinho”.
DÚVIDA: Tem mulher que rir disso?
E a Geyse Arruda que, juro, pensei ser uma inteligente que usou vestido curto. Me enganei ou se ela é inteligente mesmo, vendeu a inteligência pelos miseráveis minutinhos falando bobagem até ser expulsa pelo Gugu.
Os homens para que servem? Para serem cornos (e a mulher mais uma vez é a vadia) ou para a sala não ter só mulher, por que aí seria burrice demais segundo a produção do programa.
Meu Deus que bom que a missa é no domingo.

Enquanto isso no Ocioso...