segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Mais um anônimo e um excelente comentário...

hehehe - Acho que rolou um "chifre além das possibilidades da cabeça" do autor desse texto e a menina mora lá! Ou então, é um radical rancoroso extremista, alienado culturalmente, bairrista xiita, o escambau ... Resumindo: Um idiota. Em todo e qualquer lugar existe coisas boas e ruins, ruins e boas. Dependendo de sua energia, visão do mundo, coração, vc exalta mais a que melhor combina COM VOCÊ! - No caso desse text, não RESTA DÚVIDA da qualidade emocional, cultural e intelectual do AUTOR!

"Em todo e qualquer lugar existe coisas boas e ruins, ruins e boas"- isso me incomoda, fazer o quê?
Mais um anônimo e um excelente comentário que merece uma resposta. As palavras são de alguém que parece não ter entendido a proposta deste blog, o papo é meu, eu me comprometo com tudo que falo por que nele eu realmente expresso o que eu penso, estão expostos nos posts os meus sentimentos e revoltas, caso contrário não seria papo de um garoto, entendeu? Seria papo de qualquer um, de mais um dizendo o que todo mundo quer ouvir (ler, no caso).
Deixo claro que toda e qualquer forma de dirigir-se a mim, todo e qualquer adjetivo atribuído ao autor deste blog (eu) será respeitado, eis minha cara à tapa.
Se ninguém me chamar de idiota é por que eu não tive a coragem de assumir a criança que precisa falar nas minhas palavras, é por que eu não honrei a dose saudável e necessária da inconsequência infantil, se ninguém me chamar de idiota é por que eu não incomodei, eu não disse tudo, eu menti, pois não existe meia verdade.
Se ninguém me chamar de alienado é por que eu não deixei clara e transparente a intensidade dos meus sonhos, dos meus ideais, dos meus sentimentos, nem das minhas revoltas, é por que eu não disse como eu queria ter dito.
Se ninguém me chamar de radical rancoroso é por que eu escondi o que sinto, o que penso, escondi o que me incomoda, ou me conformei com a situação, meu texto foi muito pobre e eu não disse o que queria dizer. Lembro, o conformismo é o pior cárcere, é nojento.
E finalmente se ninguém discordar de mim, se ninguém me odiar é por que realmente meu texto foi muito pobre, e eu não disse nada do queria dizer. Eu seria por isso, apenas mais um.  Isso me incomoda! A você não?

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

CaRnAvAl- função: diminuir a população

Mais um Carnaval, e mais um bom motivo para uma nova seleção de recenseador do IBGE ainda neste ano.
Como é de se esperar depois dos governos municipais, estaduais e sei lá quem mais, investirem um bom dinheiro nos quatro dias de festa mais esperados do ano, é só passear pelas ruas e você vai encontrar mais que milhares de camisinhas usadas, com certeza você não vai deixar de ver litros de sangue derramados sabe-se lá por qual motivo. Nos jornais a matemática fúnebre dos números de mortos e feridos na quarta-feira de cinzas banhada de sangue e corpos que só respiram, e com dificuldade, arriscando um último rebolation, tentando ainda levantar poeira, extravasar, gastar o restinho de dignidade que as drogas, a prostituição e os passinhos imbecis ainda não lhes tiraram.
É muito sangue, nas ruas e nas estradas, sangue de bêbados irresponsáveis e de sóbrios inocentes, por isso quer uma boa dica de fantasia para este carnaval? Vai de vampiro! Sangue não vai faltar, camisinha também não, o salário pode ficar abaixo das expectativas, as enchentes podem levar sua casa e tudo que você tem, você pode ser assaltado dentro de casa, indo para escola, faculdade ou chegando ao trabalho, pode te faltar o que comer, eles só não podem deixar faltar camisinha, fica tranquilo, não vai faltar.
A verdade goste dela ou não, é que o país terá menos habitantes no dia 9, espero que você não esteja entre os números aguardados, mas se sair ferido, se tiver fome, se houver enchente e você perder tudo, não esqueça, estarão distribuindo preservativos, eles são seus, (clique aqui) em 2009 gastaram 72 milhões  do dinheiro público com eles, você merece quantos precisar, moradia não, aumento do salário também não, você merece camisinha e quantas você quiser.
Não sou contra o carnaval, o povo merece uma boa festa, mas concorde, é controverso! Durante anos eu ouvi falar de contenção de despesas, de não poder pagar isso ou aquilo, que o governo tem que ser prudente, estamos em meio a uma crise mundial e blábláblá que não tem fim, porém nunca cortaram os gastos com o carnaval, para mim esta festa é na verdade o maior investimento em publicidade dos governantes, por isso eles não podem cortar esses gastos. Se ao menos fosse uma festa para família, mas não, são os filhos os convidados a se expor a todos os riscos, afinal só os ouvidos deles suportam tanta imbecilidade cantada nessas noites.
Também não estou aqui culpando ninguém especificamente, até por que esse jeito brasileiro irresponsável de curtir as coisas, de achar que o que importa é o agora sem pensar nas consequências é irritante para qualquer um que tem bom senso.

Cuide-se, não queira ser um a menos, nem fazer um a mais sem saber com quem nesse carnaval.

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Aracoiaba, lugar onde os pássaros choram

Era uma vez uma cidadezinha longe, bem longe, lá perto do fim do mundo, onde Judas perdeu as botas e o vento faz a curva...

Lá onde ser ecologicamente correto não rola, simplesmente por que em toda a cidade não se acha um lugar apropriado para o lixo, de longe se vê as montanhas que se formam nas ruas em cada esquina, e se você quer seguir o exemplo da televisão e colocar o papel da bala ou o pacote do salgadinho na lata apropriada não vai conseguir, você não vai achar lata coletora, lá não tem, ninguém sabe o que é isso. Cuidado! Os que guardam os papeizinhos no bolso podem estar fundando um lixão individual em cada calça ou bermuda.

Essa é a cidade do sonho, só sonho...

Por exemplo, se você sonha ser um ótimo advogado, um ótimo professor, ou um ótimo qualquer coisa, você vai sonhar e só, por que se realmente você quer ser, aí vai ter que sair as pressas, o mais rápido possível dessa cidade ou vai ser contaminado pelo conformismo que domina o povo que não tem coragem suficiente para fugir do pesadelo que é viver na cidade do sonho, se demorar mais de dois anos após o ensino médio você corre sérios riscos de achar que crescer na vida é coisa de personagens de filme ou de novela, você corre sérios riscos de achar que nasceu para viver de migalhas, as que caem da mesa dos que se fartam do seu sangue. Sim, tem vampiros assustadores na cidade, alguns querem esconder sua natureza e preferem ser chamados de gafanhotos, minhoca ou qualquer coisa da terra, mas no fundo todos eles se alimentam do seu sangue, e bebê-lo vai parecer caridade, você vai sair nas ruas querendo vê-los de novo mandando em você, ao beber o seu sangue eles vão te dar qualquer coisa(ou coisinha) para não te deixar enxergar que você pode ir mais longe, quando te faltar o sangue eles vão te descartar e você talvez vai procurar outro vampiro, outro morcego asqueroso de número diferente.

A cidade do sonho graças a Deus está se tornando a maior exportadora de excelentes profissionais, muitos dos meus amigos estão dando certo, mas vejam, LONGE DA CIDADE DO SONHO.

Eles (os vampiros) até tentam, querem formar profissionais numa área aí, parece que é da tecnologia, mas para quê? Ou melhor, para quem? Na cidade dos sonhos não há, nem se cria oportunidade de aplicar o que se ensina, e há quem louve essas atitudes, mas dar a vara e até a isca e mandar pescar em terra seca serve de quê? É como dizer para o escravo como é ser livre e não lhe dar a liberdade. Foge o mais rápido possível a pior escravidão é o conformismo, a falta de fé em você ou a fé em demasia nos teus superiores, você os faz superiores.

Doem as despedidas, dói saber que os amigos para que dêem certo precisam estar urgentemente longe desse chão, do nosso chão, dói não ser útil ao povo dessa terra, por que a sua utilidade não é atribuída por você, nem pelo que você sabe, nem pela sua honestidade, a sua utilidade na “terra onde os pássaros choram” é atribuída pelos quem fazem os pássaros chorarem. Quanto mais sangue você tem para oferecer mais útil você será, quanto mais você sabe do vampiro que os outros não podem saber mais você recebe dele, e é incrível o poder que eles têm, a grande maioria dos que sabem, se tornam vampiros também, esse é o “podre título de honra”, esses também vão te pisar, vão se achar superiores pela proteção do vampiro mestre.
Cansei desta História quantos mais precisam ir? Eu desisti desse chão.

Ah... E na cidadezinha tinha uma pedra, aguda...
 Bem no meio do caminho dos que tentam fazer a diferença.

Enquanto isso no Ocioso...