domingo, 21 de agosto de 2011

Quantos devem morrer para a novela ser boa?

Por que se assiste a uma novela? Não sei você, mas eu assisto (de vez em quando) por que procuro entretenimento. E o que é entretenimento? Segundo o dicionário on-line Priberam entretenimento é: brincadeira, divertimento, distração. Pois bem, em Insensato Coração tudo isso (brincadeira, divertimento e distração) foi sinônimo de morte. Quanto mais morte mais você se diverte e se distrai. Brincadeira legal para as 9 da noite, não acham? Eu não. Cansei de ver minha mãe indo deitar dizendo que não ia mais assistir (tudo bem, ela continuava assistindo e por vontade própria), mas dizia já estar sentindo medo da novela. Pior é que aqueles que não morriam de tiro ou acidente morriam de alguma doença, não interessa como, o importante era morrer para garantir a diversão. 
Sem falar na sensação de impotência que foi despertada quando de dentro da cadeia o banqueiro continuou forte para decidir sobre a vida e a morte das pessoas, além do fato de os maiores criminosos da novela pagar com a morte pelos crimes que cometeram (eu acho pouco). Devia ter bombado no Twitter a HashTag #NovelaIdiota na noite de sexta.
Pior que essa novela, que até o seu final contabilizou 25 divertidíssimas mortes, foram as palavras do gayvernador do estado do Ceará Cid Gomes sobre a greve dos professores estaduais: “Quem quer dar aula faz isso por gosto, e não pelo salário. Se quer ganhar melhor, pede demissão e vai para o ensino privado" , (Tá de deboche? Aii como ele tá bandido!!!) a fala motivou uma campanha no Facebook, agora apoiada pelo Papo de Um Garoto, propondo ao governador que doe seu salário e governe por gosto, por amor.
Isso é que é valorizar o profissional, não é? O cidadão que vai formar o advogado, o médico, o ladrão, digo, o político, deve trabalhar por amor. Bonito isso. Mas por amor a quem? O senhor governador já experimentou viver um mês com o salário de um professor? Acho que não, por que o profissional que se gasta trabalhando na educação neste estado e se conforma com o salário que lhe pagam, das duas uma, ou não tem família ou não tem amor por ela. Com esse salário não ia ter Rally nem em rodovia de "bairro" quanto mais federal...
Triste é olhar para o Brasil e ver que o político mal formado ou o jogador de futebol que só aprendeu a escrever o nome, ganha cem vezes mais que o professor em constante formação. Não digo isso por que acho que eles devem ganhar menos, digo por que acho justo o professor ganhar mais.
Trabalhar por amor não é “pra qualquer um”, mas trabalhar com “amor” é especialidade de um casal de oficiais da África do Sul. Ela policial e ele agente penitenciário tinham a missão de transportar e cuidar de um presidiário que precisou fazer exames, mas os dois também quiseram brincar de médico e resolveram aproveitar que o prisioneiro estava debilitado não oferendo risco e deram a fugidinha pra fazer “amor” no hospital, infelizmente o vídeo filmado pelo próprio agente penitenciário foi divulgado na rede não se sabe por quem. A policial que é (ou era) noiva e o agente penitenciário foram demitidos, o que é uma pena, mas é isso, quando se resolve fazer as coisas com amor é assim que retribuem. Não é senhor governador?
É por isso que nas próximas eleições: Para descascar o abacaxi vote Natalie.
Fonte: R7

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

A Gaga continua

Michael Jackson, Amy Winehouse e Lacraia morreram e quem assombra é a exótica Lady Gaga. 
Galera concordem, que personagem ridículo a Stefani Joanne Angelina Germanotta criou para ser notada e se tornar imortal. Sim a intensão é se tornar imortal, e até seria bacana se o comportamento fosse um pouco mais sensato. 
Não será tão impactante se agora recordar o vestido de saco de lixo, o de carne vermelha ou a entrada bizarra em uma premiação dentro de um ovo. Por isso para exemplificar o que estou dizendo deixarei que algumas imagens falem por mim: 


Um palhaço se torna mais chique e discreto do lado da cantora. Comportamento descomunal como o de Lady Gaga desperta dúvidas sobre a existência de vida em outro planeta. É possível que não estejamos tratando de um ser humano, talvez a moça seja o primeiro extraterrestre a conviver com os homens na história da humanidade.Na verdade preciso voltar atrás, ela não é o primeiro extraterrestre a conviver com homens, afinal gostar de Lady gaga é o primeiro sintoma da "vi@dagem", logo ela está cercada de pessoas especiais que se recusam atender por homem.


Tudo bem ela pode ser sim um ser humano, há momentos em que é possível acreditar nisso, mas está mais para travestir do que para mulher, não acham?


segunda-feira, 25 de julho de 2011

Cavalo de Tróia Tim Beta, saiba Tim Tim por Tim Tim.

Você cliente Tim, com que finalidade põe créditos no celular? Não sei você, mas ponho para conversar horas e horas com as meninas super simpáticas da central de atendimento da operadora. As meninas parecem muito carentes. Sabe aquelas namoradas grudentas para quem você tem que ligar todo dia? Elas são assim, todo dia me dão um motivo para falar com elas. Começo acreditar que esse é mais um plano da operadora sem fronteiras, o plano “vai dar Namoro Liberty” esse é para desencalhar as atendentes (e talvez os clientes encalhados).
Eu fui escolhido para participar do plano e desde o dia 26 de junho, não falo com mais ninguém, só tenho tempo para Joyce, para Janaina ou para Jaqueline, de manhã, de tarde e de noite. Não é amor, não, e eu nem sequer estou me divertindo, elas insistem em me chamar pelo primeiro nome acompanhado de um “senhor” que triplica minha idade, parecem gostar de caras mais velhos. Tudo bem, estou solteiro, mas o plano da empresa para desencalhar as atendentes está me tirando do sério, brincadeira de muito mau gosto. Eles me deram um chip “Cavalo de Tróia”, ou seja, me ofereceram o plano “mãos ao alto”, vulgo Tim Beta, e das duas últimas recargas que fiz não me restou um centavo sequer. Nisto consiste o plano, eles te tiram centavo por centavo e você é obrigado a ligar para uma das garotas. Todas muito simpáticas no início, mas esteja preparado nesse “vai dar namoro” se não eles não te curtirem, você vai para o toco, lá a tortura é maior, você participa de uma pesquisa de satisfação (COMO ASSIM MEU DEUS?). Isso mesmo galera, imagina que coisa lógica, a atendente inventa uma desculpa qualquer, seu problema não é resolvido depois de quase uma hora pendurado no celular quase explodindo no seu ouvido e você ainda é direcionado a uma pesquisa de satisfação. Eu entendi por que, já que se você fizer quatro ligações cada uma vai ter uma desculpa diferente, então na pesquisa você dá maior nota àquela que mais te fez de otário. Digo isso por experiência própria, das quatro que fiz uma disse que um download foi feito quando eu nem estava como celular, quase acreditei que ele tinha vida própria, noutra eu havia feito uma ligação para o MEU telefone Claro (CLARO QUE NÂO), tudo bem, eu me adoro, eu sei o quanto sou foda, mas ligar para mim seria demais, o que eu ia dizer para mim mesmo? Eu sei de tudo que eu faço, estou comigo o dia todo, eu sabia onde estava naquela hora e se estivesse perdido EU seria a única pessoa que não poderia fazer nada coisa para ajudar.
A terceira não gostou de mim e desligou na minha cara, e a quarta por fim afirmou que havia cobrança indevida no meu TIM. Eu quase não acreditei, e foi bom não acreditar, eles me retornaram a ligação e a moça, me deu um fora dizendo que não poderia realizar o estorno por que eu havia usado os créditos em rede sociais que não fazem parte do plano e me deu o MSN como exemplo. Detalhe Orkut, Facebook, Twitter e MSN não seriam cobrados no plano Tim Beta.
O bom é que por problemas judiciais a Tim não pode cadastrar nenhum número novo aqui no Ceará, os cavalos de Tróia distribuídos nas redes sociais não serão usados. Menos “centavinhos” convertidos em milhões nos bolsos sem fronteiras, quer dizer, agora tem fronteira, no Ceará eles não entram.
Que bom, o povo cearense agora pode levar o celular no bolso sem medo de estar sendo roubado.

domingo, 10 de julho de 2011

Quando a credibilidade da Rede Record saiu para passear

Li e reli todos os comentários da postagem “Todo mundo odeia o Datena”, garanto que com profundo respeito, porém, confesso que ainda me incomoda o fato de pessoas preferirem violar o valor de suas teses se expressando anonimamente.
IMPORTANTE: Para entender este post leia o  “Todo mundo odeia o Datena” e os comentários, se possível.
Deixo claro que na postagem não defendi emissora nenhuma, o que disse foi o que qualquer ser racional habitante da terra percebe com grande facilidade. Na guerra pela audiência deveríamos sair ganhando, porém não é assim que acontece. Não se pode esperar nada além de cópias. Se ficar difícil lembrem os exemplos já citados em outra postagem (Clique aqui).  Há distinção entre “Lar doce lar”, “Sonhar mais um Sonho” e “Construindo um Sonho”? Sim, as emissoras e os babacas que apresentam. Fora isso nada.
Que na TV brasileira nada se cria tudo se copia não tem mais o que discutir. Mudemos de assunto então, vejam o comentário a seguir:

Anônimo: CARA.. NA BOAA.. VC SO PODE SER LEZADO, DIZER Q É COMBINADO COM BANDIDO, VC VIVE NO MUNDO DAS MARAVILHAS? NO MINIMO VC DEVE FAZER BALE, OU ALGO ASSIM PRA TER ESCRITO UM TEXTO TAO HIPÓCRITA E PODRE..
OLHE AO TEU REDOR, A VIOLENCIA TA AI MANÉ, SE SITUA NO MUNDO SEU CALÇA COLORIDA.

Isso quer dizer o quê? Nas calçadas que você passou hoje, quantos crimes você presenciou? Quantos ladrões você viu assaltando alguém? Quantos maridos você viu esquartejando suas esposas?
Não estou dizendo que isso não aconteceu, mas se aconteceu você não viu e não viria com a mesma facilidade e regularidade que o Comandante Amilton.
Não defendo um jornalismo que negue a existência do “mal”, mas condeno o jornalismo que exalta o mal a ponto de pessoas mesquinhas como o anônimo acima criarem em suas cabeças um mundo mais sangrento do que de fato é.
Por que gente boa não vira noticia? Por que gente boa não dá ibope? Será que não dá? Alguém tentou? Acredite, este noticiário fúnebre e em estado de decomposição até seria relevante se  animasse o anônimo e seus discípulos a levantarem da frente do computador e tentarem fazer alguma coisa para mudar. Mas o que acontece é o crescimento do sentimento de impotência humana nestes que se tornam cada vez mais frios.
Crimes acontecem todo dia, este fato por acaso nos furta o direito de ser feliz? De procurar na televisão algo que me divirta? Devemos mesmo chorar a morte até ela deixar de acontecer? Pobre, podre e hipócrita é a humanidade acomodada que pensa assim, ela nunca sorrirá e estará sempre em casa consumindo as porcarias que a televisão oferece. É bem possível que esta seja a intenção, te encarcerar  em casa por que na rua você não é rentável. 
Agora uma questão que talvez aqueles que defendem este jornalismo medíocre ainda não parou para pensar:  Até que ponto você pode acreditar naquilo que ver? A televisão está criando na cabeça de muitos intelectuais a ideia podre de que o mundo é a experiência em vida do inferno e que nós temos que assistir. Para ela, jornalismo verdade é aquele que esfrega na nossa cara o inferno do outro a fim de também nos fazer mal. Não uso calças coloridas nem faço balé e se fizesse isso não me impediria de ver que o jornalismo verdade não é tão verdade assim. Digam para mim como foi o enterro de Amim Khader, contem para mim detalhes do velório. Quem da Rede Record empresa do repórter(?) estava lá? Ninguém. O cara não morreu. E “sempre na frente”, a própria Rede Record anunciou e chorou a falsa morte.
Precisamos mesmo saber as dores do mundo por estes carniceiros? Você já se perguntou, depois da gafe, sobre o quanto de informação mentirosa você já absorveu? Quantas mentiras nos contaram e ninguém foi a público negar?
Por fim, precisamos realmente saber do que não podemos mudar? Não seria mais lógico conhecer o mundo a nossa volta, esse que podemos transformar?
Eu continuo defendendo que entretenimento faz bem e é o que deveria ocupar a considerável parcela do horário na televisão dedicada, hoje, à adoração da morte.
Em um bom filme ou seriado eu pelo menos não tenho dúvidas de que é tudo mentira. E nos jornais de qualquer emissora?

domingo, 3 de julho de 2011

Aprendi na universidade...

Aprendi um monte de coisa na universidade, de teorias filosóficas malucas de gente que jurava ser normal a ideias extremamente feministas de gente normal, mas que fica maluca quando assunto sugere machismo mesmo que bem de longe.  Isso me levou a refletir sobre a questão. Eu concordo que de todas as criaturas de Deus a mulher é a melhor, mas talvez por isso, é também a mais complexa. “Pisamos em ovos” quando estamos com uma e por mais que nos esforcemos seremos sempre “sem vergonha”, “canalhas” e nunca prestaremos. O melhor é não contrariar, por isso eu não aderi à campanha “homem que presta” no Facebook essa semana, melhor que elas me conheçam ruim e se surpreendam com o melhor que eu posso ser. Para não decepcioná-las eu prefiro deixa-las a vontade. Mas me parece que decepção maior é descobrirem que estão erradas, afinal essa ideia de que homem não presta é tão bem vendida por elas que já cheguei acreditar que a qualidade que mais as atrai é justamente o fato de o cara não prestar. Não entendam mal, digo isso “pela última palavra” que insistem em dizer que é delas, então quanto mais grosso e mal educado mais superiores elas se sentirão.
Nestes primeiros dias na universidade aprendi também a usar o Facebook, o chato é que a melhor hora para usá-lo tem sido nas aulas, quando fluem as frases de status mais idiotas.  
Para que não pensem que não estou aprendendo coisa realmente significativa preciso dizer aqui que se faz chá da unha de gato, mas ele não é feito com unhas de gato e sim de uma planta. Aprendi que tem maluco por aí tomando chá de pênis de anta para impotência sexual e receitando o chá de osso do veado à crianças que não conseguem andar, vejam,  isso eu aprendi na universidade, e sei até que o veado é usado por ser veloz e correr muito, tem outras qualidades mas o palestrante preferiu não mencionar, só não sei se há efeito colateral, imagina a criança passar o resto da vida dando pinta. 
Por fim também aprendi que a maldita muriçoca aqui do Ceará tem um nome de guerra, e Brasil adentro atende por carapanã. É muito veado mesmo essa muriçoca.

sábado, 2 de julho de 2011

Mais um selo para coleção...

Essa semana mesmo não tendo tempo de atualizar o blog recebi mais um selo do blog O fichário recomendo. 

O selo é esse: 

Agora tenho que indicar 5 outros, são eles:

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Todo mundo odeia o Datena

De todas as tentativas da Record de alavancar o IBOPE, nem a nova versão de “Rebelde”, ou o azedo “E aí Doutor”, me deixou tão intrigado como o novo “Cidade Alerta”, e não é pelo Datena e sua opinião favorável a pena de morte. Não sei se você teve o desprazer de ver o programa, e confesso que, como não via o “Brasil Urgente”, não posso comparar, mas vendo deduzi algo curioso e queria uma resposta.
O programa é transmitido ao vivo, mesmo assim todo dia tem um assalto, uma perseguição policial ou qualquer outra coisa para o comandante Amilto trabalhar. Veja, ao vivo e todo dia. A pergunta é: Teria o a Record algum acordo com os criminosos da cidade? Será?
Se tem, não sei, mas que programa policial, vulgo sensacionalista, como queiram chamar, já era inconveniente na hora do almoço, agora, na hora do jantar é de dá indigestão em qualquer um. 
Aqui no Ceará perderam a mão, e puseram tempero demais na porcaria que nos servem ao meio dia mostrando cadáveres sem nenhuma dignidade, nem embaçam mais a imagem.
O que me chateia é que nessa briga entre Globo e Record, nós deveríamos sair ganhando, mas não. É triste, parece que por mais que tente a Record não consegue ser a concorrente a altura da Globo, não se cria, se copia ou “recopia”, e o pior.
A emissora quer apostar no jornalismo, coisa que também parece não saber fazer. Bastava um jornal bem feito, mas não é assim que acontece, parece insegurança, é quase impossível diferenciar Record de Record News, é jornal de manhã antes do Hoje em dia, que por sua vez também começa e termina com noticiário, seguido de outro programa jornalístico, agora tem Datena no fim da tarde e depois de Rebelde tem outro jornal. Tudo isso para empurrar o que pode ser bom para a madrugada, como eu tenho o que fazer, não tenho tempo de assistir e saber se realmente é. Contudo, o bacana da volta do “Cidade Alerta” é que não tem mais “Todo mundo odeia o Chris” [Todo mundo já estava de saco cheio do Chris], se tocaram finalmente que o Chris não é o Chaves, e que é a vez de todo mundo odiar o Datena.

domingo, 12 de junho de 2011

Para que serve uma mulher na Escolinha do Gugu?

Acho que ainda não havia dito que todo domingo eu vou à missa, pode até ser que seja um cara de fé. É... Eu tenho fé, mas o que eu não tenho mesmo é saco para aturar a briga horrorosa entre as emissoras para saber quem faz o programa mais ridículo do domingo.
Depois do programa de esporte da Globo toda a programação, de todo e qualquer canal de televisão, fica insuportável.
Abrindo um parêntese, fique claro que estou quase considerando a possibilidade de o Felipe Neto ter plagiado o extinto “Sem Noção” (programa que eu gravava para o blog). Não sei se assistiram, mas o quadro do Felipe no Globo Esporte, que até semana passada não tinha nome, se chama curiosamente #Sem Noção. Se quiser conhecer a minha (e primeira) versão fica a dica de não perder seu tempo, é muito ruim, a do Felipe é bom pelo menos.
Voltando ao que não vale nada no domingo, também não sei se já assistiram a “Escolinha do Gugu”, se não viram ainda eu entendo, o programa não é para qualquer estômago.
Bem, sabem para que serve uma mulher nesta escolinha? Para algumas coisas como ser gostosa e burra, se inteligente também é gostosa e safada ou ainda se feia é dona de casa. A intenção do quadro é fazer rir? Não dá, (As meninas se quiserem podem pular esta parte), mas pensa comigo: Que tipo de homem dá gargalhadas quando está excitado? Eu não. Se a graça da mocinha é ser burra, tudo bem, sejam os machistas que quiserem, mas por que a índia que acha o homem branco bonzinho e as loiras burras não usam um pouco mais de roupa? Qual a relação entre roupa e inteligência? Ou entre nudismo e piada engraçada? A “graça” é mulher mostrar que não tem nada na cabeça, mas o corpão “tá 100% e facinho, facinho”.
DÚVIDA: Tem mulher que rir disso?
E a Geyse Arruda que, juro, pensei ser uma inteligente que usou vestido curto. Me enganei ou se ela é inteligente mesmo, vendeu a inteligência pelos miseráveis minutinhos falando bobagem até ser expulsa pelo Gugu.
Os homens para que servem? Para serem cornos (e a mulher mais uma vez é a vadia) ou para a sala não ter só mulher, por que aí seria burrice demais segundo a produção do programa.
Meu Deus que bom que a missa é no domingo.

sábado, 4 de junho de 2011

O Pará será dividido, azar do seu bolso.

Alguém me explica, por favor, qual era a intensão do governo na operação policial nas favelas do Rio em 2010? Era diminuir a criminalidade?
Como assim, se agora eles decidiram que vão criar mais vagas, para criminosos “legais” no país? Tudo bem que a palavra final é do povo é, e o pior, é que parece quererem.
Se você, com toda razão, não está entendendo nada do que estou falando eu vou tentar explicar, o Pará quer ser dividido, e para as três unidades resultantes da divisão serão necessários três senadores e, no mínimo, oito deputados federais e 24 estaduais, o número total foi calculado em 61 novas vagas. Quem paga por isso? Você, você, você, você... E, lógico, quem vai “sentir” muito pelo “divórcio” é seu bolso.
Até antes de ler essa notícia eu pensava em procurar o governo para conseguir um bom emprego, mas começo a pensar diferente, veja quanto vão ganhar os novos “empregados do povo”:

Cada deputado federal recebe, por mês, R$ 26.723,13. Ao todo, os parlamentares ganham 15 salários durante o ano, e contam com verbas de gabinete, passagens aéreas, moradia, plano de saúde e gastos administrativos pagos pelo Congresso. Os seis novos senadores de Carajás e Tapajós (as duas novas unidades) sairiam por cerca de R$ 10,8 milhões por ano. Já os novos deputados federais custariam um pouco (bem pouco) menos, R$ 10,5 milhões. Só com salários dos parlamentares, as duas novas assembleias legislativas gastariam juntas R$ R$ 11,5 milhões por ano, tomando como base a remuneração dos atuais deputados do Pará (R$ 20 mil por mês).

Os interessados procurem o povo do Pará. Para ocupar um dos cargos não é necessária formação específica, pode ser médico, advogado e até palhaço, quer dizer, palhaço somos nós que vamos pagá-los.
Alguém me disse outro dia que a separação custava caro, mas eu não imaginei que era tanto.

O argumento do "pessoal" do Norte e Nordeste é que a representação política compensa a desigualdade econômica. Dizem que São Paulo já é rico e o que compensaria esse poder do Sul e Sudeste é o maior número de representantes [de outros Estados]. Com a maioria no Congresso, seria possível garantir mais políticas para beneficiar os moradores desses Estados e isso equilibraria a federação.
FONTE: R7

Como você já deve saber é o povo quem vai decidir se divide ou não o estado por meio de plebiscito já aprovado na Câmara e no Senado.
Que vai beneficiar eu não tenho dúvida, que vai compensar a desigualdade também não, mas que é hora do "pessoal" que vai votar no plebiscito, pensar em quem, fazendo as contas, realmente serão os beneficiados, disso nós não podemos esquecer. 

terça-feira, 24 de maio de 2011

O fim do mundo não foi dessa vez (de novo)...

Estou vivo, não sei por quanto tempo, você também, portanto o mundo não acabou em 2011, disseram que até acabou, mas no Brasil não foi possível acontecer por que o país não tem estrutura para receber um evento desse porte, porém tudo indica que em 2012 esta nação não escapará da total destruição, o Twitter foi o profeta dessa vez. Os organizadores do evento percebendo a frustração dos brasileiros por não participarem desse momento histórico mundial, marcaram para 2012, como previsto anteriormente, um fim do mundo no Brasil. A notícia foi dada pela própria razão do fim brasileiro, Lady Gaga que anunciou no seu Twitter oficial sua vinda ao país em 2012, e ela ainda disse: “É muito importante para mim ver os meus monstrinhos brasileiros. Eu amo vocês!”. Confesso que esperava um fim mais honrado, não podiam anunciar a caída de um grande meteoro? Ah... Isso já caiu e o país resistiu.
Eu concluí com isso que, se não acabou com as músicas do Luan Santana, nem do Parangolé, haveria chances de resistir ao som da Mother Monster, parece que é o último recurso, tratamento de choque para ver se finalmente o mundo acaba por aqui, mas como disse, haveria chances no passado, de o país resistir, isso se suas estruturas não estivessem tão abaladas com a “Escolinha do Gugu”, a “Dança dos Famosos” no Faustão e o “Tem um cantor sertanejo lá em casa” no programa da Eliana.
Programas de domingo, o fim do mundo começa aí...

sexta-feira, 20 de maio de 2011

O mundo vai acabar, mais uma vez...

(20h31minh do dia 20 de maio de 2011) Talvez este seja o último post (talvez não). Pode ser que eu sequer tenha tempo de postar, mas lógico que se isso tivesse acontecido você não ficaria sabendo por que estaria morto. Isso por que mais uma vez alguém está espalhando a notícia de que o mundo vai acabar, o que é uma pena, confesso que fiquei muito triste, o mundo vai acabar justo agora que o Papo de Um Garoto está concorrendo ao prêmio Top Blog 2011. Não consigo aceitar que o mundo acabe antes que você vote. Ah...e se ainda não acabou corre, vota aí, é só clicar no banner aí ao lado.
Bem, é uma pena mesmo que o mundo acabe antes da copa do Brasil, das Olimpíadas do Rio, antes do Corinthians ganhar uma Libertadores, antes da Record bater a Globo e antes que se acredite finalmente que Elvis , Michael Jackson e o Osama estão mortos.
Cruel mesmo é o mundo acabar sem que alguém ligue para o Quiz TV, Easy Quiz ou outro quiz qualquer, antes que o Seu Madruga pague os 14 meses de aluguel ou que a internet do Brasil deixe de ser a vergonha que é.
Com certeza não é justo, por isso, como tudo hoje em dia vira discussão no Twitter, proponho a Hash Tag #MundoNãoAcabaAgora vai que o “deus” do pastor que divulgou a #ProfeciaFurada se sensibiliza e nos dá pelo menos mais 5 anos, eu acho que mereço o diploma de Agrônomo, sonhei tanto com isso,  e logo agora, as aulas vão começar no dia 25 (ou não), certo é que eu não sei mais de nada.
Cara, não é justo, o mundo vai acabar antes de eu conseguir ir no show da Rosa de Saron, antes de aprender falar Inglês, antes de ver um jogo do Flamengo no Maracanã e, pior, antes de acreditar que o mundo vai acabar em 2011 ou 2012. (Clik Here) Entenda a profecia. Sem ofensa ao real cristianismo, mas vou esperar o cumprimento desta profecia dançando "till the world end", como diz a Britney.
Até quando vão continuar brincando de Deus? O próprio Jesus disse que não sabia quando isso ia acontecer, e eu não preciso ser nenhum exegeta para saber.
Enfim, veja o lado bom de acessar este blog e estar lendo esta postagem, o mundo ainda não acabou. E só para terminar, pensa comigo, por que Deus iria ter o trabalho de acabar com o mundo se o homem faz isso tão bem?

terça-feira, 17 de maio de 2011

Que pais é esse? Boato de nova invasão à escola em Realengo

Depois de uma longa pausa forçada (mais uma vez) estou de volta. Como é de se esperar, muita coisa mudou, por que muita coisa aconteceu e não estou falando da morte do Osama, nem muito menos da morte da Lacraia. Estou falando de um novo cenário, um novo ato no teatro da minha vida. Dessa vez não vou justificar minha ausência nem prometer que não vou mais para, “melhor não fazer promessas, que fazer e não ser fiel ao que se prometeu”, como podem perceber, andei lendo a Bíblia, para ver se conseguia me livrar do peso que foi simplesmente existir nestes dias. Pensei em voltar mais engraçado, a gente até tenta ser engraçado, eu tentei, juro que tentei, mas a manchete nos sites de notícias essa manhã deu o gosto amargo a estas minhas palavras, e dizia:

Pais se aglomeram na Escola Tasso da Silveira após boato de nova invasão


Quarenta dias depois do massacre, outro animal armado se aproxima da escola onde tudo faz lembrar as crianças assassinadas, o sangue derramado, os sonhos destruídos e corações de mães e pais que amargam a dor de verem seus filhos partirem antes deles, desobedecendo ao ciclo lógico da vida, ele ameaçou a ex-namorada de 17 anos, aluna da escola.
“Que país é esse?” Que homens são esses? O que significa a dor do outro? Confesso que me deu nojo do homem que se importando apenas com o “coração” partido por terminar o namoro faz soar a sirene do desespero no coração dos pais que se aglomeraram em frente à escola após boato de nova invasão ao lugar onde o pânico ainda impera. Três perguntas: Pode ser chamado de homem essa coisa? E que coração partido? Ele tem coração? E não é prioridade dele, de homens como Hitler ou Osama Bin Laden, cheguei â conclusão depois de contemplar a humanidade do século XXI que o homem está sofrendo uma terrível mutação, alguns estão nascendo sem coração.
FONTE: R7

Final feliz! O cara foi detido... Mas estamos no Brasil onde o limite da lei é o dinheiro que você pode pagar. O garotão pagou fiança e amanhã já pode tentar matar a garota de novo, talvez com sucesso, pena que se a menina morrer não vai poder pagar para viver novamente. "Pode um negócio desse?"

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Reconfigurando...

Vivendo um longo processo de desintoxicação, reconfigurando o cérebro "Google-dependente". Não sei se você, como eu, é um dos que engrossam a fila dos que perguntam ao Google até que roupa deve usar, um dos que acreditam que o site é o terceiro neurônio nas cabeças ôcas que sobrevivem com os famosos Tico e Teco. Cuidado! Você pode:
1. Criar um enorme banco de dados sem nexo, informações infundadas que só te farão mais ignorante que nunca por te tornar incapacitado de discernir entre certo ou errado. Você será um burro bem informado então, bem informado, mas BURRO...
2. Você pode também ter sua capacidade intelectual profundamente comprometida quando o computador der pane. Inteligência Artificial, já ouviu falar?
Minha vida deu pane, reconfigurando e acredite(eu acredito agora), há respostas além do Google.

sexta-feira, 25 de março de 2011

Um ano de blog, foi bom pra você?

Um ano de Papo, foi bom pra você? Por que pra mim foi o melhor ano da minha vida e escrever tudo que penso ou pensei, foi a melhor experiência desta minha antes insignificante existência, dividir com você toda a minha indignação, revolta, e piadas sem graça me fez melhor, e tudo que passou, passará e passarinho daqui para frente será e já está sendo visto e enfrentado com outros olhos, vejam que eu nem precisei passar por outro transplante de córnea.
Neste ano conheci muita gente bacana, e “não conheci também” alguém interessante, explico, é que depois de muito tempo li alguns comentários em postagens antigas de um anônimo em especial, cara legal, sério, adorei a preocupação em tentar de certa forma, me entender, me ajudar, mas infelizmente (ou felizmente) sigo sendo uma incógnita, e começo a acreditar que assim sou, não por ter algum problema, mas simplesmente pelo fato de ter e defender valores e crenças não-padrão atualmente, ou não, talvez eu diga tudo isso por que realmente sou problemático, portanto tomem cuidado comigo, dizem que o pior cego é o que não quer ver, talvez a minha retida capacidade de perceber-me doente se torne perigosa, pois bem, eu posso ser então o pior doente, mas esse é o tempero, se eu souber o que sou e o que tenho, talvez eu perca o sal.  É galera eu prefiro ser esta metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo”.
Agradeço a todos que passaram aqui, e prometo tentar melhorar sempre, e vai ser de graça, se não tiver "graça" é por que eu prefiro um blog anônimo a um famoso que custe 1,3 milhões do Ministério da Cultura, até por que esse valor não seria liberado para mim, um rebelde sem causa e ainda incompreendido (por alguns). Por fim um grande abraço para a colega blogueira Maria Bethânia. Parabéns para nós...

sexta-feira, 18 de março de 2011

Para quem quer saber o que faz e quanto ganha um político, se liga...

Escolher uma boa faculdade, um bom curso, depois estudar muito, se matar de estudar, e então passar no vestibular ou fazer uma boa prova no ENEM é condição necessária para quem quer ter uma profissão financeiramente bem reconhecida, certo? Errado.
Você sabe quanto ganha um deputado federal ou estadual ou um senador? Saiba agora, e lembre, eles não estudaram tanto quanto você para terem esse salário.
·         Senador:
·         Salário médio: R$ 16 mil
·         Auxílio Moradia: R$ 3.800 mil
·         25 litros de combustível/ dia, carro oficial
·         Verba Indenizatória (despesas de gabinete – lápis, papel, funcionários): R$ 15 mil (Eu compro lápis e papel mais barato. E me digam, na lista dos funcionários entram a secretária, o massagista, manicure e quem mais?)
·         Deputado Federal:
·         Salário médio: R$ 16 mil
·         Auxílio Moradia: R$ 3 mil
·         Verba Indenizatória (despesas de gabinete – lápis, papel, funcionários): R$ 15 mil
·         Passagens aéreas: R$ 4,7 e R$ 18,7 mil
·         Líder de Bancada e Vice Líder, Presidente ou Vice Presidente receberão comissão permanente de R$ 5.513
·         Deputado Estadual:
·         Salário médio: R$ 12 mil
·         Auxílio Moradia: R$ 2.250 mil
·         Jetons por sessão extra: R$ 619,20 (um bom motivo para fazer hora extra, o povo que pague)
·         Verba Indenizatória (despesas de gabinete – lápis, papel, funcionários): R$ 20 mil (lápis e papel custam mais caros para deputado estadual? Ou na lista dos funcionários entra mais alguém?)
·         Cota de postagens telefonia: R$ 5 mil
·         Passagens por ano: R$ 7 mil (viagem de férias garantida)
FONTE: TablePress
O interessante é que se você quer ser um médico, advogado, Publicitário ou qualquer outro profissional bem sucedido tem passar por pelo menos cinco anos na faculdade, depois se quiser receber um pouco mais, tem que estudar mais um pouco, se especializando, por exemplo, passando por um mestrado, doutorado ou coisa assim. Político não.  Para cada uma desses profissionais há um curso específico, mas para eles não, por quê? Você já se perguntou? Para o cara se candidatar e vencer eleições, às vezes não precisa nem saber o que faz um deputado, e nós pagamos (votamos) para ver. É tão louco pensar que somos tão irresponsáveis quando não exigimos formação específica dos funcionários que nós contratamos para administrar NOSSO dinheiro. Eles dizem para onde vai o dinheiro público, e às vezes verba pública vai para a “privada” (deles), quando não cabe na cueca, claro.
Mas trabalham muito, ou você não fica sabendo das sessões extras? Muitas para discutir reajuste nos seus salários, por que também recebem muito pouco, vocês não acham?
Galera, mundo a fora estão criando cursos até sobre a Lady Gaga, é verdade, e aqui? Quem vai tomar a iniciativa de formar esses caras?
Eu achei, em Minas Gerais.
A Faculdade Internacional de Cursos Livres oferece cursos de Deputado, Governador, Senador e se o reitor Dr.Omar ainda não pensou, aí vai a dica de contratar o Tiririca como garoto propaganda, talvez na próxima eleição, ele agora sabendo o que faz um deputado (ou não) possa convencer mais abestados a votar nele para presidente. Por hora eles já poderiam lutar para que o cara fosse o novo ministro da educação, pois para o curso ter valor só falta o reconhecimento do MEC. A faculdade oferece também cursos de Astrólogo, Camelô, Caminhoneiro, Coveiro ou Sepultador e centenas de outros, se de repente um desses interessar, o endereço é: www.faculdadelivre.com.br e por telefone: 0800 9401750. Só adianto que com matéria do R7(veja) é possível que eles neguem a existência do curso, como negaram a mim quando entrei em contato, e só queria elogiar a instituição pela iniciativa, sério, não queria fazer terror, e, como blogueiro carente que sou, gostei de ser chamado querido.

A faculdade existe de verdade, os cursos mencionados também, mas como já disse, só falta o reconhecimento do MEC. Pena é que o curso de deputado vai virar piada como tudo na política brasileira, o bom disso é que temos assunto para o blog, o meu é claro, que é de graça, não o da Bethânia avaliado em R$ 1,3 milhão.

terça-feira, 15 de março de 2011

Século XXI- É tudo pirata, mas garantem que é melhor

Na televisão nada se cria tudo se copia, disso ninguém tem dúvida, e o pior é que a galera quer vender um produto “pirata” garantindo que é melhor que o do concorrente.
A televisão é só um exemplo de tudo que nos oferecem como entretenimento no século XXI.
Uma prática comum no supermercado é escolher o melhor produto, ou o mais barato em meio a muitas marcas, às vezes não há diferença entre o arroz da propaganda e o que você nunca ouviu falar. Na música, na moda, nos filmes, na internet e na televisão não vem sendo diferente, as prateleiras estão cheias para que a gente escolha. O problema é que estão nos oferecendo o mesmo produto em embalagens diversas, quer um exemplo? BBB 1,2,3... e A Fazenda 1,2,3..., Quer outro? Restart e Cine . Mais um? Aquele monte de quadro que reforma a casa da galera, a disputa para saber quem faz mais sensacionalismo que começa no programa de sábado à tarde e termina no programa do domingo à noite. Ainda não está convencido? Sertanejo universitário te diz alguma coisa? Todo mundo na mesma batida, calça apertada e voz irritante.  A galera está acreditando que para dar certo basta imitar alguém de sucesso, as prateleiras então se entopem de Luans, nas lojas os estoques esvaziam de calças coloridas e os cabeleireiros funcionam no modo automática, “-O  mesmo corte do Justin, não é?”, corre risco do meu avô passar por lá e sair com o penteado do Justin, que para loucura dos que aderiram à franja arrumadinha, agora bagunça um pouco o cabelo que está mais curto e espichado para cima.
Passou o tempo em que tudo igual era um caminhão carregado de japonês, basta um carinha fazer sucesso com um cabelinho diferente que todo mundo vai e corta igual, se veste igual, e como fiéis seguidores fazem tudo que ele disser ou fizer.
Na internet a “modinha” é falar mal de todo mundo, e tem muita gente fazendo isso tentando seus 15 segundos de fama. "A modinha é falar das modinhas", viram que Felipe Neto, que é ator, deu certo e mesmo sem conteúdo estão metendo a língua em todo mundo.
E você?
E eu? Eu sigo tentando ser original, e ser original não significa só elogiar ou só criticar todo mundo, basta ter bom senso e falar do que você realmente entende, ou ouviu alguém que entende falar, mas só fale se concordar é claro, por que hoje em dia basta postar  qualquer me#da de 140 caracteres que vira Trending Topic no twitter para uma multidão de followers babacas e sem informação, verdadeiros parasitas de opinião entrarem no mesmo barco e postarem a mesma coisa sem nenhuma gotinha de responsabilidade.
O Lobão, VJ desempregado, e dizem que cantor e compositor, fez o Restart “chorar”, isso não vale galera, não gostar é uma coisa, acreditar que os caras não têm talento, até eu sei e já disse, mas esquecer que são crianças é demais, coroa. O Lobão falou que os caras não tinham cultura para fazer música, entrou na lista Fiuk e Luan Santana lógico. Assim falou Lobão.
Até onde nós podemos ir com nossas críticas? O Lobão precisa entender que o tempo dele passou, e que tem ser muito bom para permanecer. Tá... tudo bem que o que se vê por aí não é bom, mas se no Brasil não oferecem coisa boa para ouvir o melhor a se fazer é procurar no exterior, infelizmente, você não é obrigado a ouvir esses caras, e eles não têm culpa, são produtos e só tocam se tiverem quem compre, e tem.
Se eles não têm cultura é por que ensinaram errado, talvez eles não tenham o que o Lobão acha que é cultura, o Brasil parece não saber ou não se importar mais com isso, pior é que justo o baterista da Restart, afirmou não saber se havia civilização na Amazônia e que sonha (ou sonhava) tocar no meio do mato. Assim fica difícil defender...
Na verdade eu acho que o Lobão quer voltar para a MTV, já que o PC Siqueira, sucesso na rede pelo que diz em seu vlog, foi contratado pela emissora em 2011. Eu sei que ele realmente acredita no que disse, porém  dessa vez foi mais agressivo, é... acho que ele quer causar, e causou, e então voltar.
Bem, por isso ele reinou no twitter essa semana, o empresário do Luan Santana respondeu às palavras de Lobão no micro blog:
- Ouvi você falando mal do Luan, Restart e do sertanejo na Pan. Você sim deve ser um bom exemplo pela sua história de vida, né?
E o Pe Lanca chorou...

sexta-feira, 11 de março de 2011

Barack Obama sofreu bullying, quem não sabia?

Mais um papo social, serviço de utilidade pública em meio a tanta inutilidade.
Em discurso na tarde de quinta-feira (10), o homem mais poderoso do mundo disse ter sofrido bullying e virou umas das notícias mais comentadas do dia, confesso que não entendi o espanto, o cara é negro, e você já viu em algum lugar do mundo enojadamente “civilizado”, industrializado, e talvez por isso, emburrecidamente preconceituoso, um negro não ser alvo de piadinha de mau gosto? Ah... Esqueci que o mundo também precisa ser ridiculamente hipócrita para eleger as orelhas de abano e o nome diferente como os motivos de piadas quando na verdade queriam chamá-lo de negro, e isso, para os babacas da escola, já seria suficientemente engraçado, idiota rir de qualquer coisa mesmo. A galera foi hipócrita o bastate para mascarar o preconceito racial, o que é comum acontecer, e o esconderam usando uma máscara tão criminosa quanto o racismo emcubado.
FONTE: R7
Quer uma cena que ilustra bem isso? Em um dos episódios de “Todo mundo odeia o Chris”, ele mostra como um negro é visto por essa sociedade, na cena uma pessoa definia a pessoa negra, falando uma série de coisas como o que vestia, alguns sinais etc., quando o narrador fala a maior verdade da série “tudo que ele queria dizer era: Ele era negro, vestia negro, tinha também um pouco de negro por aqui...”.
Com o Obama e qualquer outro negro em qualquer lugar do mundo não seria, nem é diferente, afinal ele tinha “orelhas negras, nome negro, vestia negro e tinha um pouco de negro por aqui...”, essa era a graça da piada, eu sou um pouco mais esperto para entender que não tem graça alguma, precisa ser muito burro para achar isso engraçado.
E não estou aqui condenando somente o preconceito racial, essa história de bullying, seja ele com quem for, é uma das coisas mais nojentas do ser humano, na verdade quem faz isso esqueceu que é gente há tempos. São “coisas”, por que nem um cavalo se comporta como os tais.

quarta-feira, 9 de março de 2011

Uma população reduzida e hospitais lotados. Foi disso que falei...

Não foi profecia, foi dedução, irresponsabilidade é a condição necessária para “curtir” o carnaval. Babaca, otário, besta e sei lá mais o quê, é o cara que tem bom senso, pois responsabilidade não combina com carnaval por que não combina com bebida, direção, muito menos com a certeza de estar vivo na quarta-feira.
 A população foi reduzida, mas que a presidenta não ache que tem menos gente para se preocupar, pois enquanto morria muitos, camisinhas estouraram ou nem foram usadas e agora umas menininhas bonitinhas já estão encarregadas de fazer crescer o número de crianças sem pai no país.
Manchete da quarta-feira de cinzas:
Mortes em estradas federais no Carnaval já são 32% maior que em 2010
Balanço da PRF revela que há um acidente a cada dois minutos
A divulgação dos números oficiais acontecerá na quinta-feira (10) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF)
O relatório divulgado na manhã desta quarta-feira (9) mostra também que 437 pessoas foram presas por conta de embriaguez durante a operação.


Para as mulheres esse carnaval foi especial, não por que algumas delas saíram sem roupa na avenida, isso é de praxe acontecer, afinal roupa também não combina com carnaval, assim como carnaval parece não combinar com respeito a elas, e o pior é que a mídia escolhe os piores modelos, é triste, mas o homem não se veste de mulher para dançar “a posição da rã” ou o, já falado, “rala theca no chão”, nem são homens que cantam o refrão mais “prostituidor” destes dias: hoje eu durmo lá embaixo na casa dos machos, na casa dos machos, será que dormem? Quem cantaria isso? Uma vaca? Touro é macho...
Enfim, são mulheres sem nenhuma gota de moral, escolhidas a dedo para defender o gênero, aí fica difícil sua filha crescer e não querer ser vista e usada como elas, pois isso “é ser mulher” nos dias de hoje. Pensando em tudo que se cantou sobre, e para elas nesses dias, acho que o 8 de março, dia internacional da mulher e último dia de carnaval no Brasil, não foi tão especial assim.
Mas acabou, o bom do carnaval é que ele só acontece uma vez por ano, agora só em 2012 com novo hit e um público feminino também diferenciado, já que as meninas que não tomaram a pílula do dia seguinte por estarem bêbadas demais para chegar à farmácia mais próxima, estarão ocupadas cuidando de suas lindas crianças recém nascidas e sem pai. Melhor que nem estar vivo, uma realidade para muita gente, culpadas e inocentes.
Carnaval agora só em 2012, se o mundo tiver que a acabar no ano que vem, seria bom que isso acontecesse antes disso... Pensando bem, poderia ser no Carnaval aí todo mundo morreria feliz, bêbados ou usando as camisinhas que o gorverno paga milhões.

sábado, 5 de março de 2011

Carnaval no R7, é mulher pra todo o mundo...

“Moro num país tropical, abençoado por Deus e bonito por natureza, mas que beleza em fevereiro (ou março) tem carnaval”, e tem gente dançando nas ruas, atrás do trio elétrico, pessoas fantasiadas, e gringo, claro, sabendo disso o R7 na quarta-feira dia 02 de março resolveu ajudar. Ajudar não sei a quem, se às brasileiras encalhadas ou aos gringos a confirmarem seu pensamento sobre a prostituição no Brasil, a manchete era a seguinte:
“Veja dicas de como paquerar gringos durante a folia”
Que o Brasil recebe turistas do mundo todo no Carnaval você já sabe. Que a paquera rola solta durante a folia também. Mas o que fazer quando o idioma é um empecilho...? Assim iniciava o texto.
Digam se não é motivo suficiente para a gringalhada sair por ai espalhando a fama que já ofendeu a tantas mulheres brasileiras. Eu não retiro o que disse (ver postagem), minha mãe continua rigorosamente respeitável, mas me constrange que queiram apresentar brasileiras atiradas em dias onde tudo é tão sugestivo, as danças, as letras tudo insinua sexo. Faça o teste, imagina uma mulher pouco vestida, ou nem um pouco vestida, já que nesses dias quanto menos roupa melhor, te olhando e dançando a coreografia do “rala theca no chão”. Não dá para pensar em outra coisa.
- Acho que o instinto deve falar mais alto, ou a linguagem do corpo... As pessoas acabam se entendendo!
Palavra de um gringo potencialmente tarado, e instalado no Brasil, imagina por quê?
Realmente a linguagem corporal diz muito, nesse caso a dica que se pode dar é correr para esquina mais próxima e rodar uma bolsinha vagabunda com uma maquiagem mais vagabunda ainda, com certeza sozinha você não vai ficar e ainda vai descolar uma grana, se prefere dólar ou se realmente quer alguns minutos com um gringo, para que não corra riscos de receber em real, o espanhol Tony Cebrian, que mora há sete anos no Brasil, dá a dica:
- Basta saber falar kisses [beijos em inglês]! O Carnaval facilita muito as coisas, é só alegria!
Depois disso ninguém precisa falar mais nada, afinal “as pessoas acabam se entendendo” e “o carnaval facilita as coisas”.

quinta-feira, 3 de março de 2011

"Dia de banquete". Era uma vez, Aracoiaba (de novo)...

Era uma vez uma cidadezinha longe, bem longe, lá perto do fim do mundo, onde Judas perdeu as botas e o vento faz a curva...
Cidade do Nordeste, onde chuva poderia ser sinal de bênção, e é, até o momento dela querer invadir sua casa ou seu trabalho, na verdade a chuva em si não é o problema, a questão é que na cidadezinha costumaram batizar cavalos que aprenderam alimentar bueiros, toda sacola ou papel vira alimento para eles, suas bocas abertas estão sempre ocupadas com sacos e sacolas de todas as cores e sabores. O rei–presentante da cidade também contribui, latas para quê se o lixo tem para onde ir? É! O lixo da cidadezinha tem novo rumo, quando chove ele é levado até o bueiro mais próximo e por ele será tragado, devorado. Ahh... E tem cavalo que encurta esse caminho e suas sacolas são jogadas em qualquer lugar bem próximo a esses bichinhos. Acontece que nos dias de chuva todos os esgotos ficam ocupados, é dia de banquete, lixo dos quatro cantos da cidade estão no cardápio, eles não param nem para tomar água, e esse é o problema, como a água da chuva não tem para onde escoar ela se acumula transforrnando a cidade em um verdadeiro rio que se estende das ruas ao interior de lojas e casas. O bacana é a experiência de ter um rio na sua porta, de sentir-se nas ruas de Veneza, pena que quando chove a água é indomável em certos pontos e em pouco tempo ela invade casas, fazendo surgir o medo de perder tudo, de a água querer levar aquilo que se conquistou com tanto esforço.
É galera, como toda estória tem seus momentos de tribulação, em que o mocinho paga pelo bandido, exatamente na tarde de terça-feira 01 de março de 2011, choveu como nunca na cidadezinha, o jornalismo local e sensacionalista tem imagens.



Também, como em todo conto de fadas, quando tudo parece ter se resolvido,Than- ran... Lembra da cinderela? Quando toda a sala está limpa e enxuta a madrasta vem e vira o balde de água suja.
Quando a água escorre a cidadezinha servirá de barriga de aluguel para seu próprio vilão, os copinhos descartáveis, por exemplo, vão servir de abrigo para o vilão mais dengoso de todos, dengoso e subestimado.
Perder para Dengue é prova de que não só na cidadezinha, mas em todo o país costumaram batizar cavalos, só pode ser, é inadmissível que ainda se morra de Dengue. São atitudes tão simples, tão claras e o pior é que o mosquito desgraçado voa, é nesta hora que o mocinho paga pelo cavalo batizado que têm em casa garrafas de cerveja, pneus velhos, copos descartáveis guardados de maneira errada.
Mesmo que se zanguem, nada de dengo, nós criamos o vilão, tomar atitudes simples pode salvar vidas, a sua e de seus vizinhos.

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Mais um anônimo e um excelente comentário...

hehehe - Acho que rolou um "chifre além das possibilidades da cabeça" do autor desse texto e a menina mora lá! Ou então, é um radical rancoroso extremista, alienado culturalmente, bairrista xiita, o escambau ... Resumindo: Um idiota. Em todo e qualquer lugar existe coisas boas e ruins, ruins e boas. Dependendo de sua energia, visão do mundo, coração, vc exalta mais a que melhor combina COM VOCÊ! - No caso desse text, não RESTA DÚVIDA da qualidade emocional, cultural e intelectual do AUTOR!

"Em todo e qualquer lugar existe coisas boas e ruins, ruins e boas"- isso me incomoda, fazer o quê?
Mais um anônimo e um excelente comentário que merece uma resposta. As palavras são de alguém que parece não ter entendido a proposta deste blog, o papo é meu, eu me comprometo com tudo que falo por que nele eu realmente expresso o que eu penso, estão expostos nos posts os meus sentimentos e revoltas, caso contrário não seria papo de um garoto, entendeu? Seria papo de qualquer um, de mais um dizendo o que todo mundo quer ouvir (ler, no caso).
Deixo claro que toda e qualquer forma de dirigir-se a mim, todo e qualquer adjetivo atribuído ao autor deste blog (eu) será respeitado, eis minha cara à tapa.
Se ninguém me chamar de idiota é por que eu não tive a coragem de assumir a criança que precisa falar nas minhas palavras, é por que eu não honrei a dose saudável e necessária da inconsequência infantil, se ninguém me chamar de idiota é por que eu não incomodei, eu não disse tudo, eu menti, pois não existe meia verdade.
Se ninguém me chamar de alienado é por que eu não deixei clara e transparente a intensidade dos meus sonhos, dos meus ideais, dos meus sentimentos, nem das minhas revoltas, é por que eu não disse como eu queria ter dito.
Se ninguém me chamar de radical rancoroso é por que eu escondi o que sinto, o que penso, escondi o que me incomoda, ou me conformei com a situação, meu texto foi muito pobre e eu não disse o que queria dizer. Lembro, o conformismo é o pior cárcere, é nojento.
E finalmente se ninguém discordar de mim, se ninguém me odiar é por que realmente meu texto foi muito pobre, e eu não disse nada do queria dizer. Eu seria por isso, apenas mais um.  Isso me incomoda! A você não?

Enquanto isso no Ocioso...