quinta-feira, 25 de março de 2010

Uma análise funcional do tempo que passamos no Orkut

Pra vocês verem como o Orkut é coisa de quem num tem o que fazer, ou coisa de quem tem e perde horas valiosas do seu dia criando comunidades bizarras como essas.

Haa.. e antes que me esqueça deixa dizer que elas existem (ou existiram) mesmo, de verdade, algumas podem já terem sido excluídas, mas o tempo em que existiram honra a bizarrice dos seus criadores. Vejam e se interessar participa.
Estão me devendo um real


Eu nunca morri na vida


Eu já sonhei que não tava sonhando


Minha mãe me acha bonito


Queremos a Chiquinha na playboy


Chimbinha é emo


Eu sou feio mas tenho a manha


Eu grito rá e num acontece nada


Se eu morrer minha mãe me mata


Eu nunca fui atropelado por um avião


Homem que trai o pipi cai


Não sei tocar, mas toco.


Homens magrelos comandam aheuahe( Essa é em pra mim)


Eu nunca tive uma festa surpresa


Quem diabos é herbert richards?


Eu nunca terminei uma borracha


Eu abro a geladeira pra pensar


Deve ser chato ser uma árvore


Eu tomo banho pelado!! E você?®


Eu torço pelo touro


Eu nascí no dia do meu níver


Eu conheço um gordo bobo!


Eu conheço o nicholas cage (essa é boa!)


Eu tropeço e finjo que corro


Eu sou mais bonito que o tevez


O Chapolin ensinou o Tarzan


A Hello Kitty faz fotossíntese


Nunca fiz amigos bebendo leite


Meu pai bebe mais do que eu

Concorda comigo agora... Mas concordem também que todo mundo adora perder um tempinho pra criar coisas que não vai mudar o mundo, mas faz um bem danado ao espírito, né?! As vezes agradeço pela grande utilidade do inútil.

Enquanto isso no Ocioso...